segunda-feira, 30 de junho de 2014

Restaurante de La China Poblana

Um hotel com restaurante excelente em Puebla. A imagem é da China Poblana que seria a mulher daquela comunidade. Aqui no sul entre os nativistas a palavra china tem um aspecto carinhoso, parte de uma herança castelhana com certeza. Já no falar coloquial a palavra china tem um aspecto pejorativo...
A roupagem da estátua na imagem a seguir em muito lembra as prendas (gaúchas paramentadas com roupas tradicionais).

Sobre a comida servida é impecável, tem até carreteiro de vegetais! Um sonho para vegetarianos/gaúchos!!!
O hotel é belíssimo, no entanto as diárias são bastante caras. Mas o restaurante vale a pena conhecer.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Você deveria escrever uma carta para alguém

Eu descobri que para se conhecer melhor, além da meditação, a conversa íntima sobre si mesmo com outra pessoa revela muito da gente que, simplesmente, desconhecemos!
Fico pensando sobre a empolgação que namorados têm no início da relação, só há uma explicação: são dois mundos se conhecendo pela primeira vez e isso é extasiante.
Só que a gente esquece que é impossível conhecer alguém completamente. E isso que faz algumas relações esfriarem, você acha que aquela pessoa já mostrou tudo e perdeu a 'graça'. Quando na verdade você nunca fará ideia completa de quem o outro é, pois não sabe nem de você mesmo. Cada pessoa é um universo inteiro.
Sugiro que você experimente uma, duas, três vezes, escrever para alguém, que você nunca encontrou, talvez de uma cultura diferente, que tenha uma vida totalmente diversa da sua e que ao mesmo tempo seja capaz de fazer essa troca.
Experimente a alegria de descobrir alguém pela primeira vez.
Ou experimente redescobrir quem você ama. Qual sua cor favorita? Seu prato preferido? Sua música? Um desejo? Um plano? Sua história mais doida? 
Redescubra ou (re)conheça alguém e você aprenderá mais sobre si mesmo! Eu prometo que funciona.


terça-feira, 24 de junho de 2014

Relação é de duas pessoas

Uma provocação para a noite: é preciso entender que em uma relação há duas pessoas, mas que o amor é um só. Há que se doar e compartilhar.
Quando realmente se ama há que saber que os sentimentos e os detalhes são importantes.
Sei que é difícil pois há pessoas que nos machucam, mas cada um precisa de outro para amar pela vida inteira...

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Companheirismo e Corozal Free Zone, fronteira entre México e Belize ou Nunca perambule sem o seu visto de entrada no país!

Este um fato que aconteceu quando estávamos visitando a zona livre entre Belize e México, no finalzinho da cidade de Chetumal.  Gente lojas indianas! Muita coisa legal, mas algum produto de qualidade duvidosa. Preços ótimos... 
https://www.facebook.com/TajMahalEmporioDeLaIndia

Só que no retorno pegamos um táxi que nos deixou no posto de imigração do México, que tensão o oficial da imigração pedindo passaporte e visto e eu tinha deixado o meu no hotel. Estava somente com o carimbo no passaporte com a entrada. No fim das contas não sabia se eles queriam suborno (eu estava regular, mas sem o tal do papel verde!!!) ou realmente é uma prática: o oficial de La Migra disse que eu teria de passar a noite ali . Então o conselho: faça cópias de toda sua documentação e ande com todos os vistos consigo.
 Foi tenso! No fim eu convidei  o oficial para ir ao hotel onde estávamos, pois lá estava meu visto (maldito formulário verde) e ele abriu mão, liberando a gente. 
De qualquer forma, tendo a documentação em seu bolso (!), ainda é um passeio que vale fazer!

sábado, 21 de junho de 2014

Coleção de carrinhos no México

Esta postagem é mesmo para compartilhar as imagens da coleção de carrinhos, enorme, vários modelos. 
Para todos os gostos. Fica no anexo do Museu pirata em Bacalar.









Os verdadeiros Piratas do Caribe (2): museu da pirataria em Bacalar, Quintana Roo, México

Quero compartilhar mais imagens de peças do museu. Explicação para o museu são os ataques piratas sofridos pela cidade, hoje denominada cidade mágica pelo Ministério de Turismo mexicano.
Miniaturas dos navios piratas, Fonte: arquivo pessoal, 2012
Miniaturas dos navios piratas, Fonte: arquivo pessoal, 2012
Imagina que vida maravilhosa de aventuras, com o mar como parceria constante e o horizonte como objetivo! Na imagem abaixo o símbolo pirata incrustado na espada.
Espada pirata, Fonte: arquivo pessoal, 2012

Seriam chamados de vândalos e o foram, sem dúvida, de uma perspectiva reacionária. Do ponto de vista humano viveram intensamente.

Simplicidade de vida e artesanato em Mahahual, Quintana Roo, México

Em Mahahual o artesanato é parte da vida das pessoas. Todas as peças são lindas. O interessante é que os meninos  pequenos vendem também e dá pena de não comprar deles. 
A simplicidade da vida próxima ao mar, dos filhos de pescadores e produtores de artesanato, além da beleza natural da cidade dão vontade de simplesmente deixar-se estar lá...


Artesanato em Mahahual
Fonte: arquivo pessoal, abril de 2012
Os hotéis têm muito de móveis artesanais e a cidade promove exposições dos artistas locais.
Fonte: http://www.quintanarooaldia.com/noticia/para-el-2012-centro-tematico-artesanal-de-mahahual/12180

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Consulado brasileiro no México e o uruguaio: quanta diferença...

A residência dos diplomatas brasileiros então é puro luxo, mansão digna de artista. 
Crédito ao Street View do Google

O prédio onde é sediado o consulado é digno dos melhores na Esplanada (os que tive a chance de conhecer). 

Mas nesse momento tenho orgulho de ser brasileira, o tratamento que recebi pela vice-cônsul foi excelente! Ela realmente fez de tudo para ajudar no meu pedido. 
Já o consulado do Uruguai dá pena de ver, uma salinha alugada mínima, um funcionário e a consulesa.
Quem acompanha a vida do Presidente do Uruguai vai achar que é coerente e é... Quem conhece a capacidade de ser perdulário da máquina pública brasileira também vai entender os gastos com luxo no exterior. Por isso que pagamos tanto imposto, não é?
Não fotografei o consulado uruguaio, mas quando você for ao México, se tiver curiosidade, faça uma visita e vai concordar com o que eu digo...

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Bacalar: a melhor piña do México!

Se você pedir uma piña no México ela será feita como a piña colada só que sem o álcool. Gente uma delícia refrescante num calor de mais de 40 graus.
Restaurante em Bacalar, Fonte: arquivo pessoal, 2012

O bar que provamos é do hotel Laguna de Bacalar, uma verdadeira maravilha de sabor!  
Fonte: http://www.hotellagunabacalar.com/img/gallery/12.jpg

Até fiquei com saudades agora... Quem gosta de camarão, lá tem os maiores para comer com tortillas. 

Anarquia e movimentos revolucionários no México

Quero mostrar algumas fotos interessantes  sobre anarquia e revolução no México. Como  já disse em postagens anteriores são os mexicanos revolucionários por natureza. Na capital mexicana a charge colocada em cartaz é semelhante ao caso brasileiro, não concorda? A televisa equivale a uma emissora de grande porte no Brasil. Aqui uma crítica aos 'ensinamentos' da televisa. Na minha humilde opinião o Chaves é um bom programa se comparado com as tentativas de 'enlatados' brasileiros... A grama do vizinho sempre é mais verde, não é?
O cidadão e sua indignação, Fonte: arquivo pessoal, 2012
Há inclusive em cidades pequenas, com população menor, a característica de ser e mostrar  o ideal revolucionário:

 

O movimento anarquista é bem aceito. 
Encontramos máscaras que são usadas no movimento mundial "anônimos".

 Além disso, a navegação e a pirataria caribenha e seus símbolos diversos: 
Símbolo da Pirataria em Bacalar,
Fonte: arquivo pessoal



sábado, 14 de junho de 2014

Estilo de vida: viajar, amar e ser feliz! Falando sobre sentimentos e aprendizado...

Entrar em um ônibus de Viagem pelas estradas mexicanas é simplesmente muito bom! Quero mostrar imagens lindas que captamos.


Céu azul  de um dos sítios Maya
Fonte: Arquivo pessoal, 2012.
Sempre acreditei em um estilo de vida simples e pacífico, como um sonho. "Quando se encontra o amor perfeito, no qual duas almas podem se converter em uma, é algo que não se pode explicar. Se sente e se vive cada minuto da vida", palavras de um querido amigo mexicano. 
Uma das lindas paisagens, Fonte: arquivo pessoal, 2012

O mar é divino e maravilhoso, pois lá a gente encontra paz e esse amor que sempre tivemos dentro. O amor e os sentimentos são muito sagrados. Encontrar, apreciar o bem e até um pouquinho de mal para saber distinguir o melhor de cada um.
Pôr do sol em Chetumal,
Fonte: arquivo pessoal, 2012
Muitas pessoas não reservam tempo para conhecer quem está próximo, quem sabe uma viagem não te aproxime de seu amor verdadeiro? Ainda que esse amor, seja... você!

Calendário Maya (o mundo não terminou em 2012!), os Mayas: arquitetura e cultura

País de caldo cultural denso, o México consegue ter em si toda a cultura Maya, com sítios em que Arqueólogos descobriram muito sobre a cultural milenar desse povo. Em um dos locais foram encontrados pés ainda conservados de trabalhadores Maya.



Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal Marta
Pés encontrados com bom estado de conservação dos trabalhadores Maya  


A explicação para o achado acima

Observa a riqueza do frontispício. Os Mayas realmente primaram pela beleza em sua arquitetura!
Arquitetura Maya, Fonte: arquivo pessoal, 2012

O calendário Maya abaixo está no Museu arqueológico na capital mexicana, uma verdadeira viagem no tempo.


Os guias turísticos advertiram que o calendário Maya não foi corretamente interpretado pelos estrangeiros e que 2012 seria o ano de mudança global, o término de um ciclo e começo de outro. O mundo não terminou em 2012, não é verdade? Mas muita coisa aconteceu muito rapidamente desde então, não é mesmo? Pois é...
Para mim sim, foi o término de um ciclo, sem dúvida! E o começo de outro...



.

terça-feira, 10 de junho de 2014

Segurança no México, Juarez, Cidade do México: lendas e realidade

Juarez foi uma das cidades que fui aconselhada a não ir de maneira alguma. Vi alguns filmes e ouvi muita coisa a respeito. Como o fato de serem desovados corpos a céu aberto no lixão na cidade de Juarez, resultado de assassinatos relacionados com os cartéis de drogas.
Uma coisa é certa. Se os bandidos são lendariamente maus, os policiais são tão assustadores quanto a ideia que se tem dos bandidos. Graças a Deus não conheci nada dos cartéis, a não ser 'ouvir falar'. Mas vi que a polícia mexicana, desde a Cidade do México, passando por Puebla, Vera Cruz até o ponto extremo sul, Chetumal, é realmente bem equipada (todos usam metralhadora, isso mesmo!) e é ostensiva. Você vê. (Aqui em Porto Alegre, por exemplo, você não vê!) Impossível caminhar na capital mexicana sem passar por vários policiais. Saindo da capital, especialmente em Vera Cruz a polícia usa máscaras, a explicação óbvia é que para manter a malandragem na linha eles precisam ter  a liberdade de atirar sem serem identificados. O que tornou Vera Cruz um local bastante seguro.

Outra imagem da polícia.
Fonte: http://enlace.vazquezchagoya.com/nota.php?id=15515

Não quero em momento nenhum endeusar o policiamento, mas mexicanos são espertos. A máscara disfarça e dá liberdade de ação. O turismo traz dinheiro e qual país não quer? Ponto para o engenho deles! 

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Xcalac, Costa Maya, o México como ele é...

Localizada na costa Maya, a cidade mostra o México que você turista não pretende exatamente encontrar.
Imagem obtida no street View do google

Aqui eu quero abrir um parênteses e dizer que existem cidades que retratam o estereótipo de desertos, chapéus imensos, comida mega apimentada e nenhuma forma de comunicação ou quase nenhuma, uma dessas cidades é Xcalac (équiskalaqui). Há outra cidade semelhante, que vou falar em outro momento: Tuxpan.
Em Xcalac vá com pesos, não há caixa eletrônico. O único hostel próximo da rua principal é simples e o calor nele insuportável. Não havia ar condicionado, apenas um ventilador e uma rede. Não existe táxi para voltar, se você foi a volta não é garantida. Ainda bem que conseguimos fazer com que um dos moradores nos levasse de volta à Mahawual (Mahahual). Depois dessa experiência ficamos atentos para não sair sem pesos suficientes para um retorno apressado, rsrsrs.
Cidade de pescadores e de moradores com aparência indígena, os descendentes Mayas. Também tem sua beleza ao admirar  o mar caribenho, ainda que debaixo de um sol escaldante.
Foto de Sandra Mabel no Street View

Quando nos foi dito sobre a história da cidade, que ela foi arrasada pelo mar e por ciclones. Reconstruída a partir do nada, fica a sensação de que é um povo guerreiro, que merece seu sossego. 

Lembra a paisagem do filme Apocalypto do Mel Gibson, vale a pena ver também!!!

sábado, 7 de junho de 2014

Amor até a velhice, Bacalar local bucólico excelente para Lua de Mel...

Linda imagem da escultura de um casal idoso, que fala muito sobre companheirismo, alegria e aprendizado. 
Na nossa estada em Bacalar pudemos conhecer algo de cidade do 'interior' mexicano e costumes familiares de parceiros até o 'fim da vida'.


Local muito romântico. As ruas terminam na laguna de Bacalar. A fotografia não tem a qualidade necessária para mostrar a beleza da lua refletida no lago, mas é algo sensacional de ver ao vivo. Especialmente quem pretende uma lua de mel fora do lugar-comum.


Com certeza essa cidade foge da ideia padrão sobre o México. Vale a pena dedicar um tempo para conhecer. 
Ah, pena que eu não tenho a foto, mas foi nesta cidade que comecei a gostar de guacamole. A melhor de todo o México. Cantinho meio místico meio vegetariano, a minha cara. Muito fácil de achar, são poucas ruas e esse restaurante fica próximo ao forte.
















quinta-feira, 5 de junho de 2014

Mahawual, Mar, Comida boa, sol! Que mais se pode querer?

Quase a penúltima cidade antes de 'terminar' o México. As fotos falam por si, mas digo uma coisa, se existe um lugar no mundo que eu moraria, além é claro do Brasil, seria lá. 



Imagens da 'avenida principal' do hotel que ficamos e do mar!
Fonte: arquivo pessoal, 2012


Que mar maravilhoso. Uma única rua, com porto atracador de cruzeiros. 



Pequeno comércio e lojas voltadas ao público turista. Restaurantes com alimentação de qualidade e do mundo inteiro, com especial toque mexicano: guacamole, fajitas e pimenta à vontade!

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Amor e México

País para se apaixonar por ele ou para apaixonar-se por alguém... Nunca é demais dizer que viajar é uma maravilha e vale a pena sempre! Por isso se não houver nada que te prenda, arrume sua mochila e vá conhecer o mundo!!!


Detalhe do cuidado das arrumadeiras no Hotel.
Fonte: Arquivo Pessoal, 2012

Tenha a oportunidade de amar e querer, como diz um amigo mexicano meu: "todos sabemos querer, mas poucos sabem amar"

Sugiro aos românticos que visitem o restaurante Thai em Cancun que é simplesmente um sonho! Comida Tailandesa em meio a uma atmosfera romântica e simplesmente (permita-me um eufemismo) exótica. 


Thai restaurante - Cancun México
 Fonte: http://www.thai.com.mx/en/galerias


Você poderá almoçar em quiosques suspensos entre as árvores! São sofás que mais parecem camas e a comida é uma delícia, até para uma pessoa vegetariana. Gosto de saber que existem lugares maravilhosos para os olhos e a alma da gente.