segunda-feira, 20 de abril de 2015

O mito da primavera: Perséfone e Hades; semelhança com o conto "a Bela e a Fera"

Perséfone era deusa dos subterrâneos, desde que foi raptada por Hades, tornando-se sua esposa. Deméter, a deusa grega da fertilidade e mãe de Perséfone, ficou tão triste com o rapto da filha que parou de fertilizar a terra, fazendo com que houvesse outono e inverno, tudo secava e morria.


Depois de algum tempo Hades passou a permitir que sua esposa visitasse a mãe. Assim as árvores e plantas recomeçam a explodir em brotos e a florescerem... A primavera é o símbolo da alegria do reencontro - da mãe em rever sua filha amada. O que eu gosto no mito é justamente essa beleza da renovação, do amor vencer no final.
Ao mesmo tempo é fascinante a história de amor do casal. Eu creio que o conto "a Bela e  a Fera" seja uma releitura desse mito. Há a mocinha raptada e que se apaixona por seu raptor. Há a figura da mãe/pai e da morte... Claro que é uma análise que merece mais argumentos...

Postar um comentário